A relação de Platão com os sofistas na perspectiva de hoje

É evidente que as cidades de hoje estão doentes e contaminadas, não pela retórica dos sofistas e sim pelos discursos de políticos que o tempo todo cerca o povo com palavras boas de ouvir, mas que nunca serão cumpridas, palavras que são usadas somente para manipular as massas a fazer o que se quer, se Platão estivesse vivo certamente procuraria um remédio para as cidades, só não sei se aquele que ele encontrou no seu tempo serviria para hoje.

Afinal, adequar a sociedade por aptidões é praticamente uma utopia, embora entendo que cada cidadão deve buscar saber qual é sua aptidão e seus limites, porém nem todos tem a racionalização para entender este conceito e o Estado não tem a estrutura para compor este estatuto de modo eficiente.

Será que podemos associar os sofistas com políticos atuais? Retóricas e discursos envolventes para convencer da verdade daquele que profere, é o que vemos todos os dias. É visível que o homem tende a se fazer inimigo dos que estão próximos, e isto devido as paixões e ambições. Que lugar ocuparia Platão neste contexto? Aprendeu com os sofistas e logo foi contra ou usava o que aprendeu para expor sua verdade, afinal, não era o que aprendeu? Usou a retórica nos debates para defender suas ideias filosóficas mudando todo o teor da realidade daquele momento e consequentemente angariando inimigos por toda aquela comunidade.

Toda conspiração tem um pouco de verdade e é consolidada em fatos reais, aquele que mente e engana e a todo tempo usa o discurso para seus interesses, certamente esta racionalizando a palavra e manipulando os pensamentos alheios. Consegue entender este dilema? De fato esta preparado para exercitar a mente nestas divagações? Se é que podemos chamar assim! Se sim, então reflita no momento em que fomos enganados e ainda somos e de que forma a palavra escravizou a todos nós, por que afinal, foi tudo por intermédio da palavra.

As ideias mudam a todo momento, conforme os conhecimentos que adquirimos e o modo de vida a qual escolhemos, então é claramente exposta qual é a necessidade de cada um em seu convívio. E neste momento a palavra entra de forma sorrateira mudando o pensamento e nos direcionando ao ponto que não escolhemos.

Aprimore, Melhore, Atribua Valor.

Revise

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ERRO: Desculpe, a verificação de humanidade falhou.

Rolar para cima